1686

Prefeitura Municipal de Itabela

Pular para o conteúdo

CONDESC une esforços em apoio às famílias atingidas pelos fortes temporais que atingiram a região

Fonte: Por Bahia Dia a Dia > Publicação SAI: Célio Marinho
10/12/2021 às 14h09

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


Presidente (CONDESC), Luciano Francisqueto, encaminhou ofícios a órgãos estaduais e federais solicitando providências.

O presidente do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável da Costa do Descobrimento (CONDESC), Luciano Francisqueto, encaminhou ofícios a órgãos estaduais e federais solicitando providências em relação recursos para auxiliar os moradores dos municípios de  Eunápolis, Porto Seguro, Guaratinga, Itabela, Itagimirim, Itapebi, Belmonte e Santa Cruz Cabrália, que foram atingidos por fortes temporais nos últimos dias.

Só no município de Guaratinga, a chuva afetou 2,4 quilômetros de estrada de terra e isolou povoados. 

RECURSOS OU MATERAIS - Nos documentos oficiais, o presidente do CONDESC informa sobre a situação de calamidade que se encontram os municípios que integram o Consórcio e solicita solicitar as devidas providências para o envio de recursos ou materiais para distribuição de alimentos, colchões, produtos de higiene para auxílio das famílias afetadas pelos temporais que atingiram a região.

No Estado da Bahia os ofícios foram encaminhados ao governador Rui Costa; ao secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Carlos Martins; ao superintendente de Proteção e Defesa Civil, Carlos Miguel de Almeida Filho; e ao secretário de Infraestrutura, Marcus Benício Foltz Cavalcanti.

Já a nível federal as solicitações de apoio aos municípios foram protocoladas junto gabinete do ministro da Cidadania, João Roma; do ministro da Defesa, Walter Braga Netto; e do secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Alexandre Alves.

UNINDO ESFORÇOS - Nesta quinta-feira (09), o governador Rui Costa já declarou que assim que a água baixar,  será feito um levantamento detalhado de tudo que precisa ser reconstruído: estradas, pontes e casas que foram destruídas. “Só dá para fazer esse levantamento depois que a água baixar, porque precisamos ver o estrago, de fato, e a solução técnica que vai ser dada em cada ponto onde se perdeu aquela infraestrutura”, garantiu o governador.

Também nesta quinta-feira, equipes do Grupo de Apoio a Desastres (Gade)  estiveram na região, atendendo a uma determinação do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). O grupo veio verificar, presencialmente, os estragos causados pelas fortes chuvas. 

Tendo como prioridade os planos de trabalho de assistência humanitária e de limpeza, o grupo, liderado pelo coordenador-geral de Gerenciamento de Desastres da Defesa Civil Nacional, Antonio Hiller, visitou alguns municípios atingidos pelas chuvas, dentre eles Guaratinga e Eunápolis. Além disto, a Força Nacional do Sistema Único de Saúde (FN-SUS) também está se deslocando para a região para fortalecer as ações de saúde.

Francisqueto ressaltou que, conforme amplamente noticiado e notificado por meio de decretos de calamidades pública, as fortes chuvas e ventos que atingiram os municípios do Extremo Sul da Bahia trouxeram transtornos aos moradores e prejuízos ambientais. “Este é o momento de sermos mais que solidários. É o momento de unirmos forças para apoiar as famílias atingidas e também de apoiarmos os municípios na mitigação dos danos causados pelos temporais”, ressaltou o presidente.