1686

Prefeitura Municipal de Itabela

Pular para o conteúdo

População de Itabela pode ajudar na elaboração do Plano Plurianual 2022/2025 do Município

Fonte: ASCOM PMI > Publicação SAI: Célio Marinho
06/10/2021 às 17h17

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


A população de Itabela tem até o dia 20 de outubro para participar da enquete que está levantando sugestões para a elaboração do Plano Plurianual (PPA) 2022/2025 da Prefeitura Municipal.


O PPA irá definir como o município irá usar o orçamento público nos próximos quatro anos. O dia 31 de outubro, conforme determina a Lei Orgânica Municipal, é o prazo final para que o gestor municipal, no seu primeiro ano de mandato, apresente o PPA à Câmara Municipal, que após discussões em suas


Comissões e no plenário, através de emendas, também poderá sugerir e alterar os Projetos de Leis, encaminhando depois de aprovados, ao Executivo para sanção das Leis, até o dia 31 de dezembro.


O Assessor Técnico da Prefeitura, Dorival Barbosa explica que a Lei de Responsabilidade Fiscal determina que, por meio de Audiências Públicas, se ouça as sugestões da comunidade para a elaboração do PPA. “Como estamos enfrentando uma pandemia, optamos por fazer uma enquete em vez de Audiências Públicas”, explicou.


ENQUETE - Na enquete, disponível na página oficial da Prefeitura de Itabela, a população de Itabela poderá sugerir quais as prioridades para o seu bairro, distrito, rua ou localidade. Dentre as prioridades sugeridas para votação estão: Limpeza e coleta de lixo; Pavimentação/asfalto (indique a região); Saúde; Saneamento; Trânsito; Iluminação; Meio Ambiente; Escola/creche; Transporte coletivo; Cultura; Ação Social; Segurança; Esporte e lazer; Limpeza de terrenos; e Regularização de terrenos. ACESSE AQUI!!!


Dorival explica que as sugestões da comunidade serão avaliadas, juntamente com o Plano elaborado pela prefeitura, na elaboração do PPA dos próximos quatro anos (2022/2025). 


LOA – Além do PPA, a Prefeitura de Itabela tem, até o dia 31 de outubro,  para apresentar à Câmara Municipal a Lei Orçamentária (LOA) 2022. 


Essa lei, elaborada pelo Poder Executivo Municipal de acordo com os recursos disponíveis, estabelece o planejamento de gastos em obras e serviços prioritários para o Município, que serão realizados no próximo ano. “Na elaboração da LOA, os municípios só podem incluir os investimentos e pagamentos que já foram previstos no PPA”, salientou Dorival.


O assessor técnico ressalta que, apesar do PPA e da LOA serem definidos com antecedência, eles não são fixos. Caso haja necessidade, tanto o Plano Plurianual quanto a Lei Orçamentária poderão sofrer alterações.